22 de junho de 2021

Sulista é Great Place to Work pelo segundo ano consecutivo

Com mais de 35 anos no mercado, a Sulista é certificada, há dois anos consecutivos, com o selo Great Place to Work (GPTW) – programa de certificação para empresas que mede o quanto seus colaboradores estão satisfeitos em fazer parte daquele time. Esse reconhecimento é concedido às organizações que possuem alto índice de satisfação de seus colaboradores, certificando os padrões de excelência na gestão de pessoas.  A pesquisa mostrou que o índice de satisfação da Sulista é de 79% enquadrando-se entre uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Destaque para a percepção da equipe em temas como “Nossos executivos representam plenamente os valores e comportamentos da nossa organização”, que alcançou 88% e “Com certeza, eu recomendaria minha organização para amigos e família como um excelente lugar para trabalhar”, com 87%. A diretora executiva da Sulista, Josana Teruchkin, destaca que o fator humano é crucial para o sucesso. “Tudo mudou com a chegada da pandemia. Presenciamos um avanço rápido da tecnologia, a ida das pessoas para o trabalho em home office e uma série de incertezas rondando o mercado. Receber este selo é a garantia de que as habilidades humanas – mais importantes do que nunca – estão sendo valorizadas”, conta. Outro número mostra que os colaboradores tem orgulho de fazer parte da empresa, já que a pesquisa apontou que 95% das pessoas afirmam que o trabalho tem um sentido especial e, para elas, não é só mais um emprego. Confira outros pontos da pesquisa: – Quando vejo o que fazemos por aqui, sinto orgulho (92%) – As pessoas aqui são bem tratadas independentemente de seu gênero (95%) – Posso ser eu mesmo por aqui (89%) – A empresa proporciona equilíbrio entre a vida pessoal e profissional (84%) – Tenho a possibilidade de crescer e me desenvolver (89%) Relatório Termômetro COVID -19 Outro reconhecimento importante auditado pelo GPTW foi a pesquisa que gerou o Relatório Termômetro Covid-19. A Sulista chegou ao índice 98 na percepção dos colaboradores no que diz respeito aos cuidados e atenção com eles durante a pandemia. A media geral do estudo ficou em 96. Um report da Businesslover mostrou recentemente que 92% dos colaboradores dizem que as empresas deveriam fazer mais pelo seu bem-estar. Outros 76% dos funcionários acreditam que a empatia gera produtividade. “Esses diagnósticos nos permitem identificar claramente os pontos positivos, que fazem da Sulista uma ótima empresa para trabalhar e, também os aspectos a serem melhorados em nossa gestão”, pontua Josana Teruchkin, que entende que empresas que cuidam de pessoas saem mais rápido da crise.